terça-feira, 1 de novembro de 2011

Iguarias

Bom dia,
Eu estava aqui organizando umas coisas do meu marido e me deparei com uma poesia de W. Lagos.
Eeentonces, já que estamos em clima de Halloween (eu sei que foi ontem, mas meu relógio biológico ainda está meio lento u.u)


Iguarias
Para mim, chega a ser um privilégio
Ser devorado por majestosos seres
Desse mundo contribuir para os prazeres
De anjos ou demonios: sortilégio!...

Melhor assim do que viver em paraplégio
Vendo os outros a cumprir meus deveres
Aguardando pela morte em desprazeres
Odiando a vida, em pleno sacrilégio!...

Ou saber que terei o meu confim
Em caixa de cimento, emparedado
Talvez por mortos visitados

Em madrugadas, que não tem mais fim!
Mil vezes não!... Prefiro então que me adorem
O meu sabor os seres que o devorem...

Nenhum comentário:

Postar um comentário