domingo, 23 de outubro de 2011

Quem tem pena é galinha


Ninguém nunca te pediu pra ter pena, pra ter dó. As pessoas não precisam de compaixão. E é ridículo a pessoa pedir por isso, ou querer que achem-a uma coitada, pois ela nunca há de ser.
Aliás, quem nesse muito é coitado? Sinto informar que ninguém. Ninguém nesse mundo merece que as pessoas sintam "pena" dele, porque cada um tem a cruz que consegue carregar. 
Tudo bem que temos que tentar ajudar as pessoas quando elas estão com dificuldade, mas jamais termos dó de alguém vai mudar nada. As pessoas tem que parar de se acharem sofridos demais, parar de pedir piedade, misericórdia, compaixão, e começar a levantar a cabeça - e a bunda do sofá - e ir atrás de resolver os problemas, tirar as pedras do sapato, pular os obstáculos do caminho, e não continuar a empurrá-los com a barriga.
Pra já: tirem as palavras: dó, pena e coitado do seu vocabulário, e invistam nas frases "vou conseguir", "eu consigo" e "eu sou capaz", porque elas são mais valiosas do que essa compaixão ridícula que as pessoas sentem - mas mesmo assim não fazem um nada pra ajudar o "coitado".

Nenhum comentário:

Postar um comentário