quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Ministério Público abre procedimento contra Rafinha Bastos

Vocês podem imaginar minha reação quando vi isso no FolhaEstadão.
Foi tipo:

Tudo bem, vamos aos fatos:

O Ministério Público abriu um procedimento contra o humorista Rafael Bastos, do CQC. Essa informação foi dado pelo senador Magno Malta (PR-ES), ainda hoje. Segundo o senhor Malta, ja havia um processo contra nosso amigo Bastos, por declarações grosseiras referentes às mulheres que ele fez em seu programa humorístico
A bagunça começar quando Marcelo Tas comentou que Wanessa Camargo estava uma graça enquanto grávida. Bastos replicou: "Eu comeria ela e o bebê". Sem contar que ele fez piadinhas indigestas quando ao crime de estrupo. A atitude impensada do gajo resultou em sua suspensão "por tempo indeterminado" (eu diria "até que a poeira baixe") do programa humorístico CQC (onde mesmo passa isso?).

Vou te dizer: eu não assisto isso, mas sei que o tal Bastos não é um cara muito legal não. Depois disso tudo, fica a dica: Você está assistindo os programas certos com pessoas certas?

Por hoje é isso.
Bjbj e até mais (quando Pablinho parar de esconder minha internet).

Nenhum comentário:

Postar um comentário