sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Juntos

- até quando vamos ficar nesse vai e vem, amigos, inimigos, namorados, indiferentes? Só faço te querer, só te quero por prazer. Não quero mais te ter assim, é injusto.

Ela continuou sentada, percebendo que sua vida iria embora, em poucos minutos, assim que terminasse de vomitar seus sentimentos em sua cara, mas não ousou mexer um músculo se quer.

-Não agüento mais te perder para outros te ver sofrendo por seus atos, a atitudes estúpidas que você toma, pare de ser assim, não é necessário. Ou melhor, continue sendo assim, não me importa mais, nada do que eu sinto vai mudar, mas não importa como disse da ultima vez em que estivemos juntos.

Se segurando para não deixar uma de suas ultimas lágrimas caírem e rolarem quentes por seu rosto ela, se levantou, e andou, parando em frente ao garoto alto, forte, no qual despejava confiança, sentimentos, ódio e amor. Seu silêncio era absoluto, assustador, desencorajador.

- antes de eu sair por esta porta, só quero te dizer que não vou voltar mais, e que sempre te amarei.

Mas não, ela não o deixaria partir novamente, em um ato frágil um tanto quanto feroz ela o puxou e o beijou, envolvendo-o em um abraço, entrelaçando suas pernas na cintura do rapaz, o beijo fervia, e sem dizer nada, ela o trouxe para sua vida novamente, não o deixando sair pela porta.

Mylena

Nenhum comentário:

Postar um comentário