quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Bicho de Sete Cabeças


Hoje nós vimos um filme na escola, nas aulas de ciências e inglês, o "Bicho de Sete Cabeças".
Protagonizado pelo gato Rodrigo Santoro, ator brasileiro internacionalmente conhecido, o filme conta a história de Neto (Santoro), um jovem brasileiro de classe média que se envolve em más amizades e começa a usar maconha. Na época em que o filme foi lançado (2001), diziam que a maconha não viciava, e até tava na moda (foi quando estourou bandas como Planet Hemp e Skank, que cantavam músicas sobre ela). 
Os pais de Neto (vividos por Othon Bastos e Cássia Kiss), percebem que o filho está diferente, mas não sabem o que é. Até que um dia, o pai acha um cigarro de maconha no casaco do filho e, numa medida drástica e desesperada, decide por interná-lo numa clinica psiquiátrica, sem o consentimento do mesmo. 
E essa clínica não é exatamente o que parece ser. Em uma visita, a irmã de Neto inclusive diz que adoraria ficar lá, porque é calmo e tranquilo, porém, é apenas uma aparência para criar uma falsa ilusão nos parentes que visitam os internos. 
Entre o elenco estão também Caco Ciocler, Altair Lima, Luis Miranda, entre muitos outros nomes conhecidos do cinema brasileiro. 
Claro que, como praticamente todos os filmes brasileiros, esse tem palavrões e cenas fortes (sim, cenas de insinuações de sexo), mas se levarmos em consideração o ensinamento que esse filme traz, num todo, analisando bem o final do filme e todo seu contexto, eu diria que é um bom filme à ser visto, e eu super recomendo.
E vocês que já assistiram, o que acharam do filme? Comentem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário