segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Redes Sociais: Tumblr


Decidi começar um novo... como posso explicar? Uma série de postagens, isso. Uma série de postagens sobre Redes Sociais.
E para começar, eu decidi falar sobre Tumblr. 


Na teoria:


O Tumblr foi criado em 2007 por David Karp juntamente e Marco Arment, como líder de desenvolvimento. É uma rede de microblogs (como o Blogger, onde está hospedado o TV e o Wordpress), que une textos, imagens, videos, áudio, citações, etc. É uma mistura - que une o útil ao agradável - de We Heart It, Flickr, Twitter, etc.


Opinião das pessoas:


"O que eu realmente acho divertido no Tumblr é a versatilidade, por exemplo, você pode usar ele como blog normal ou pra colar tudo o que encontram de bonito, engraçado, genial e inspirador pela internet. Dessa forma, o site acaba virando um acervo de egocêntrico de inspiração online! Tudo que você precisava né?!" - Bruna Vieira, do Depois dos Quinze

"Tumblr é mais que uma rede social, é meu país das maravilhas, é aonde eu me encaixo, vejo que tem gente com os mesmos problemas que eu e que isso é totalmente normal. O tumblr foi um lugar onde eu achei um lar, um porto seguro do [trocadilho]mundo bizarro[/trocadilho] lá de fora. Enfim, tumblr é um refugio que eu encontrei na busca para saber quem eu sou." - Thais, do Mundo Bizarro.

"O Tumblr? é o mesmo que perguntar o que alguém sente por aquela pessoa que ama. O tumblr é como meu coração, só tem coisas sobre mim, mais que quase ninguém sabe, quase ninguém entende. O tumblr é quase que uma vida pra mim, é aonde posso soltar meus sentimentos e ninguém vai vir me julgar. Afinal quem é a pessoa pra chingar a outra? Enfim tumblr pra mim é como um diário, aonde colocamos o que sentimos, o que for verdadeiro vai continuar, no caso irei continuar reblogando, o que não for será passageiro no caso irei reblogar só uma vez." - Fernanda, do Love Secret.


"O tumblr virou o meu melhor amigo. É lá onde você vai encontrar meus sentimentos mais escondidos dentro do meu coração. Eu sempre estou no tumblr quando eu estou feliz ou triste. Lá nós podemos encontrar pessoas que tem um coração, que esteja talvez até sentindo o que você passa. Além de ser muito divertido passar as madrugadas. Você aprende no tumblr. Mesmo que seu tumblr seja só reblogue (como no meu caso), você rebloga aquilo você sente, você nao se esconde e não precisa se importar com as opiniões das pessoas quando eles vem seu tumblr, porque lá é um lugar só seu, um mundo feito para você." - Anna, do Sentimentos Confusos


Minha opinião:


O Tumblr é um bom lugar para desabafar, lá ninguém te critica por você ser quem é. Também é bom para entender uma pessoa (desde que ela se abra verdadeiramente nele). Além disso, dá para conhecer muita gente legal nele, e até virar amigo dessas pessoas, por que não? O ruim é que sai bastante briga, de gente que não gosta de gente, que mete gente em outras coisas, que reclama porque o outro é falso, que se gaba pela quantidade de seguidores e de asks (mensagens mandadas para você anonimamente ou não, como perguntas), etc. E é horrível isso, porque aquele lugar que é pra ser seu porto seguro (como disse a Thais), ou seu diário, como disse a Fernanda, acaba se tornando só mais uma briga por popularidade, como vem se tornando o Twitter, o Facebook, e como era à uma época atrás o Orkut. 


Mas e você, o que acha do Tumblr? Comente!


Créditos: Imagem - We Heart It; Informações da teoria - Wikipédia; Opinião da Bruna - Depois dos Quinze
E um agradecimento especial à Thais, Fernanda e Anna, que me cederam suas "entrevistas".

Nenhum comentário:

Postar um comentário