domingo, 25 de setembro de 2011

Português - parte I

Quando lemos "Português", pensamos em piadas e muitas outras coisas que eu não faço a mínima ideia, mas que tal pensarmos na nossa língua? A língua portuguesa é tão ampla e bela, e tem gente que faz questão de estragar.
Eu poderia vir com cultura, dizer que foi trazida por portugueses em 1500, quando o Brasil foi descoberto, mas eu vim aqui pra ensinar. Não que eu saiba muita coisa, meu português também as vezes "peca", mas eu vejo muitos erros ultimamente que não deveriam mais acontecer.
Por exemplo, aquele famoso "vou se suicidar". Não sei bem porque o exemplo de suicidar, mas precisava de um verbo e esse que me veio à cabeça. O certo é "vou me suicidar".
"Por que Isa?" Eu poderia dizer "Porque Deus quis assim", mas não foi Deus, foi o homem que criou a língua portuguesa. E sabe porque quando você fala em primeira pessoa (eu, nós), você usa o me ou o nos? Porque está na tabela de pronomes! Lembram?

Eu
Tu
Ele
Nós
Vós
Eles

E não se pode usar "Eu se ferro", assim como não pode usar "He are beautiful" na língua inglesa. Os certos são "Eu me ferro" e "He is beautiful".
Tá, hoje foi bem simples, só pra começar as "aulas". E não, eu não vou dar aulas. Só quis mostrar minha indignação com erros estúpidos de português que são comuns inclusive em programas televisivos ultimamente.
Ah, e para finalizar, só mais uma dica: Se você não sabe como escrever uma palavra e não tem um dicionário por perto, use o Google, ok?

Nenhum comentário:

Postar um comentário