quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Famoso estilista 'multado' por insultos racistas.


"Um tribunal de Paris condenou nesta quinta-feira o ex-estilista da Christian Dior John Galliano por fazer insultos antissemitas. Ele recebeu uma pena suspensa de 6 mil euros (US$ 8,400) em multas. De acordo com esse tipo de punição, ele só precisará pagar o valor se voltar a cometer o mesmo delito em um período de cinco anos. Porém pela decisão ele deverá pagar 13,5 mil euros por danos na esfera civil contra três pessoas e cinco associações."
O estilista não foi condenado a prisão, Ele nem sequer deus as caras na audiência que o condenaria; afirmava que estava sob efeitos do alcool e de remedios e não podia se lembrar de nada. A punição foi dada por "insultos públicos baseados na origem, afiliação religiosa, raça ou etnicidade", em dois diferentes incidentes em um bar da capital da França.
Galliano foi demitido da Dior em março, dias antes de um desfile, após a divulgação de um vídeo em que Galliano declarava seu amor por Hitler. O vídeo apareceu dias após Galliano ser detido por fazer comentários antissemitas contra duas pessoas em um bar. O incidente motivou uma terceira pessoa a acusar o artista de fazer comentários similares no mesmo bar em outubro passado.
As informações são da Associated Press e da Dow Jones.


Nenhum comentário:

Postar um comentário