terça-feira, 1 de novembro de 2011

Abra sua mente: Gay também é gente.


E para começar a série "Abra Sua Mente", que tal falar sobre um assunto mega polêmico (sei lá por qual motivo)? 
Homossexualidade é polêmica aqui, nos EUA, na China, e em todo lugar do mundo. E acredito que, se existe vida em outro planeta, a não ser que eles sejam muito mais avançados do que nós, também existe homofobia lá. 

E eu me pergunto: por que ter tanto preconceito? Por que eles são diferentes? 
Não, eles não são diferentes. E eles nasceram assim. 
Assim como uma pessoa nasce negra, branca, amarela, magra, gorda, cabelo preto, castanho, loiro, ruivo, olhos grandes, pequenos, azuis, castanhos, pretos, verdes, meninos, meninas, cada pessoa nasce de uma maneira, e Deus fez todo mundo assim porque igualdade é uma chatice que só serve em matemática!
Imagine agora: você sai de casa, seu vizinho é idêntico à você, de mesmo nome, voz, aparência, personalidade, gostos... você aguentaria-o por muito tempo? E onde ficaria seu diferencial? 
Porque se as pessoas forem todas iguais, vão querer trabalhar no mesmo lugar, e não vai ter vaga pra todo mundo. E aí, como faz? Além disso, vão querer todas namorar a mesma pessoa, ou nem sequer namorar, porque todas vão ser iguais, não vai ter um ser diferente pra se apaixonar, você só vai se ver na rua. 
Parece pesadelo, não? Ou aqueles filmes de terror. 
Mas seria bem assim mesmo! E seria horrível, isso vocês tem que concordar (a não ser que seja extremamente egocêntricos).
Por isso que Deus (ou quem/o que você acredite que criou o mundo), fez e faz cada pessoa diferente uma da outra, para que haja diversidade e para que aprendamos a entender e respeitar as diferenças. 
Bem, voltando ao assunto homossexualidade. Hoje, eu vi no meu Tumblr, uma foto que dizia bem assim: "O mundo pode até dizer que isso é normal... Mas DEUS diz que isso é PECADO!", e isso me deixou abismada. Quer dizer, como assim, isso é pecado? Então ser diferente é pecado? Ou é pelo fato da pessoa preferir alguém do mesmo sexo do que do sexo oposto porque nasceu assim? Essas pessoas homofóbicas me enojam! Aliás, todo e qualquer tipo de preconceito não só me enoja como me revolta, me irrita, me faz mal. Me faz mal porque não deveria ser assim!
Quer dizer, poxa, o que custa aceitar as diferenças e não colocar o nome de Deus em tudo? Sabe porque eu digo isso? Porque eu te garanto que Deus não ama menos uma pessoa porque ela é homossexual, assim como não ama menos um negro, ou um canhoto, ou um vesgo... Todos têm o mesmo amor Dele, porque todos somos filhos Dele. 
E sabe o que O magoa? Não é ver um filho homem transando com outro filho homem, ou uma filha mulher com outra filha mulher, é ver como as pessoas utilizam seu nome em vão (esse sim é um pecado), para humilhar, para fazer outro de seus filhos sentir-se mal. Pessoas que não aceitam a diferença, pessoas que não amam o próximo, que é isso que Ele pediu. Ele nunca pediu para que fossemos heterossexuais (mesmo sem ler a Bíblia, eu tenho certeza disso), porque ele que as criou assim, ele pediu que nós nos respeitássemos, nos amássemos, e isso vocês não estão fazendo!
Esse preconceito estúpido cega os seus olhos para o mundo, para a vida, para o que o seu tão precioso Deus os ensinou, e que vocês não cumprem. Preconceito sim é pecado, e não algo que você não pode escolher.
E não me digam que pode, porque vocês não estão na pele deles pra ter tanta certeza, e eu lhes garanto que você não pode, assim como não podemos escolher nossa cor de pele, de olhos, de cabelo, etc, porque Deus nos cria assim. E Ele, apenas Ele, decide nossa opção sexual, e nós não podemos mudar, ou ir contra Sua vontade. 
Então, galerinha que coloca o nome de Deus em algo seriamente ridículo, parem, pensem, abram suas mentes, porque a vida é muito mais do que sua simples opinião ridícula sobre uma coisa incontestável que acaba por magoar outras pessoas que não tem culpa de ser quem e como são, a vida é bela, linda, incrível, porque Deus fez ela assim, então respeitem as decisões e criações Dele, assim como ele respeita o livre arbítrio de vocês. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário